calendario bolsa familia 2020

Calendário Bolsa Família 2020

O calendário Bolsa Família 2020 é muito importante para os usuários que recebem o benefício terem um planejamento maior de seus gastos durante o ano. O governo Federal disponibiliza o Calendário todo final de ano para o ano seguinte. O calendário do Bolsa Família 2020 está disponível em nosso site, sempre atualizado.

Neste artigo, além de consultar o Calendário Bolsa Família 2020, iremos tirar várias dúvidas sobre o programa social mais famoso do Governo Federal. Questões como, o que é o Bolsa Família, como consultar o seu saldo, quem tem direito ao benefícios, valor, dúvidas também sobre saque, cadastro, bloqueio do benefício e muito mais.

Calendário Bolsa Família

Em nosso site você poderá consultar todos os meses o Calendário do Bolsa Família.

O calendário do Programa é de responsabilidade do Governo Federal, sendo anual. O usuário poderá tranquilamente verificar em nosso site os dias de pagamento do seu benefício.

Lembrete: Caso o cidadão não saque seu benefício por 3 meses, poderá este ser bloqueado do Programa automaticamente. Por isso é necessário que os que recebem o benefício, fiquem atentos às datas de pagamento do seu Bolsa família em nosso artigo.

Antes de conferir a data do pagamento do seu benefício, saiba onde encontra o seu  número do NIS.

No seu cartão veja o último número, este determinará o dia em que receberá o seu Bolsa Família.

número do NIS

 

Veja logo abaixo o Calendário Bolsa Família 2020:

CALENDÁRIO PAGAMENTO BOLSA FAMÍLIA 2020

O que é o Bolsa Família?

O Bolsa Família é um programa do Governo Federal com o envio direto de renda para o beneficiários, com objetivo social de auxiliar economicamente pessoas em situação de pobreza ou extrema pobreza, fazendo assim que as mesmas tenham um mínimo de renda para poder vencer as dificuldades financeiras e vivam com dignidade. O valor pago aos beneficiários é mensal, por isso há um Calendário de Pagamento sempre divulgado antecipadamente.

O benefício do Bolsa Família visa com a transferência de renda mensal aos beneficiários que os mesmos garantam o direito coisas essenciais a vida, como alimentos e saúde, e direitos sociais como à educação.

De acordo com dados do Governo Federal, hoje no Brasil há quase 14 milhões de beneficiários no Programa Bolsa Família.

Pilares do Bolsa Família

Resumindo, o programa social do Bolsa Família se pauta em três pilares:

  • Extinguir a fome e dá acesso a alimentos essenciais;
  • Lutar contra a pobreza
  • Proporcionar o ingresso aos serviços do Governo Federal como saúde, educação, alimentos e assistência social.

O bolsa família foi criado em 2004 através da lei número 10.836. O programa foi oriundo dos Programas Bolsa Escola, Bolsa Alimentação e Cadastramento único do Governo Federal. Estes programas existiam em paralelo no Governo de Fernando Henrique Cardoso, e foram unidos em um só programa o Bolsa Família.

Quem pode participar do Bolsa Família 2020?

O foco do programa é chegar às pessoas em situação de pobreza ou extrema pobreza.

Para obter o benefício é necessário se encaixar em alguns critérios que o Governo estabeleceu, entre eles:

Ter renda familiar de até R$ 89,00 mensal por pessoa que são denominadas pessoas que vivem em extrema pobreza

Ter renda familiar entre R$ 89,01 a R$ 178,00 por cada membro da famílias, que são denominadas pessoas pobres

A Família precisa ser inscrita no Cadastro único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) com dados sempre atualizados até 02 anos.

Para famílias denominadas pobre, a participação no Bolsa Família 2020 é condicionada a terem na família gestantes ou crianças e adolescentes com idade entre 0 a 17 anos.

Cadastro no Bolsa Família 2020

O cadastro no programa Bolsa Família é realizado na prefeitura de sua cidade. Como informado acima, para se cadastrar no Bolsa Família é preciso se inscrever no Cadastro Único (CadUnico) do Governo Federal. A inscrição poderá ser realizada pelo responsável da família a partir dos 16 anos de idade de preferência mulher.

Documentos necessários para o cadastro

Para realizar o cadastro para o Bolsa Família é necessário ir munido de CPF ou título de eleitor, e levar também algum documento como identidade das pessoas da família. Além de participar do Bolsa Família, todos terão acesso aos demais Programas sociais do Governo Federal como, Tarifa Social de Energia elétrica, Minha Casa Minha Vida, isenção em concursos públicos Federais ( é preciso solicitar a isenção e informar o NIS , ou número do cadastro único), , Carteira de Idoso, Aposentadoria para pessoa de baixa renda, Programa Brasil Carinhoso, Programa de Cisternas, Pro Jovem Adolescente, Passe Livre para pessoas com deficiência, entre outros.

Geralmente a inscrição do Cadastro único é feita nos CRAS ( centro de referencia de assistência social) do município em que o cidadão mora, ou em um setor responsável pelo Programa em sua família. Iremos disponibilizar em nosso site os locais de cadastro do Bolsa Família nos municípios para sua comodidade. Ressaltamos que para cadastrar no Cadúnico é necessário se encaixar nos critérios estabelecidos pelo Governo Federal.

Clique na imagem para verificar o local de cadastro em sua cidade:


Qual valor do Bolsa Família 2020?

Atualmente o valor pago a família que se enquadram no critério de extrema pobreza é de R$ 89,00 mensais.

O valor do benefício para famílias em situação de pobreza é variável, pois depende se a família tem gestantes ou mães que amamentam, crianças e adolescentes com idade entre 0 a 15 anos. Nestes casos o benefício concedido é de R$ 41,00 não podendo a família juntar mais de 05 benefícios mensais, ou valor total de R$ 205,00.

Para famílias compostas de crianças e adolescentes com idade entre 0 a 15 anos e não há gestantes ou mães que amamentam, o valor por pessoa é de R$ 41,00, não podendo acumular mais que 05 benefícios por mês do Bolsa Família.

Para mães que amamentam

As mães que amamentam e que se encaixam nos critérios do Governo Federal, recebem um benefício de R$ 41,00 mensais. O pagamento do benefício é até os 06 meses de idade, ou seja, podem ser concedidas 06 parcelas do Bolsa Família. Mas é preciso que a criança esteja cadastrada no Programa, por isso sempre é bom atualizar seu cadastro no Cadúnico em sua cidade.

Aos jovens vivendo em situação de extrema pobreza e tem idade entre 16 e 17 anos, é pago um benefício de R$ 48,00 mensais. Mas a família não pode ter mais que 02 benefícios por mês, ou seja, receber mais que R$ 96,00 por mês.

Há também o benefício para superação da Extrema pobreza. Neste caso são famílias em extrema pobreza que recebem 01 benefício por mês. Porém o cálculo do valor a receber varia de acordo com a rende familiar.

Décimo terceiro (13º) do Bolsa Família?

Os participantes do programa desde o ano de 2019 de acordo com a medida provisória nº 898, de 15 de Outubro de 2019 assinada pelo Presidente Jair Bolsonaro,  tem direito ao recebimento do 13º ou abono natalino do benefício. O valor concedido no 13º do Bolsa Família é o mesmo da parcela de dezembro que o usuário recebe. Ou seja, o usuário terá direito a sua parcela normal de dezembro e mais uma parcela adicional como abono natalino ou 13º do benefício.

Como sacar ?

cartão bolsa família

Após realizar o Cadastro único (CadÚnico) em seu município, a inscrição do usuário é analisada junto ao banco de dados do Programa. Quando é aprovado, o cidadão recebe uma correspondência do Governo Federal comunicando que está apto a receber o benefício.

Inicialmente a pessoa não terá um cartão para sacar o benefício. Nestes casos, para sacar o valor do Bolsa Família é necessário ir a uma lotérica ou agência da Caixa Econômica apresentando um documento de identificação com foto (Identidade ou RG, Carteira de Habilitação, Carteira de Trabalho, Carteira Funcional, Identidade militar e etc.) e o CPF. O saque sem o cartão é feito através de guia bancária. Para não complicar, é só informar na agência que você precisa fazer o saque do benefício do Bolsa Família e ainda não possui o cartão.

Quando chega o Cartão de Beneficiário?

O cartão do beneficiário do Programa Bolsa Família é enviado pela Caixa Econômica (CAIXA) em um prazo de 30 a 45 dias no endereço que consta no cadastro do programa. É necessário que haja uma pessoa maior de 18 anos na residência para receber o cartão do Programa. Caso não tenha ninguém em casa, os Correios tentam ainda mais duas vezes a entrega do cartão.  Após findadas as duas tentativas de entrega, o cartão do Bolsa Família do usuário ainda ficará 20 dias nos Correios para a devida retirada. Mesmo não sendo entregue neste prazo, o cartão será encaminhado a uma agência na Caixa Econômica Federal onde o usuário poderá fazer seu resgate.

Como desbloquear o Cartão do Programa?

Ao chegar o cartão é preciso realizar o desbloqueio do mesmo. Para isto o usuário deverá ligar grátis para o número 0800 726 0207 e pedir a ativação do cartão. Após o cartão ativo, o cidadão deverá ir a uma lotérica próxima e cadastrar um senha para o cartão. Além do cadastro da senha, deverá ser assinado um termo de responsabilidade de guarda do cartão. Lembrando que para cadastrar a senha é preciso que o usuário vá a uma lotérica e apresente um documento de identificação. O cidadão poderá optar por cadastrar a senha do seu cartão bolsa família também em um agência da CAIXA.

Como consultar a parcela liberada?

O Governo Federal disponibiliza vários canais para a consulta da parcela do Bolsa Família. Para a consulta do valor, o usuário poderá utilizar vários meios entre eles:

Cartão Bolsa Família – Consulta nas lotéricas e Agencias da CAIXA;

Cartão Cidadão – Que é o cartão disponível para  cidadão que possui benefícios trabalhistas ou sociais como PIS , FGTS, Seguro-Desemprego, Abono Salarial e ao Bolsa Família para completar a renda. O beneficiários que possuem este cartão poderá consultar o benefício do Bolsa Família também nas casas lotéricas e Agencias da Caixa Econômica Federal (CAIXA);

Telefone da CAIXA – É possível verificar se o saque da parcela do Bolsa Família está disponível sem sair de casa. Isto através do telefone de Atendimento Caixa ao Cidadão pelo número 0800 726 02 07. Ao ligar escolha a opção 2, e depois digite 2 novamente e informe o seu número do NIS. O número do NIS é o que aparece em seu cartão do Bolsa Família ou do Cartão Cidadão.

Mais Canais

Conta Caixa – Caso o beneficiário do Programa Bolsa Família tenha conta na Caixa Econômica Federal (CAIXA), o benefício é depositado diretamente na mesma. Para consultar se há saque disponível da parcela do Programa,  basta acessar saldo ou extrato da sua conta CAIXA tanto em lotéricas, Caixas eletrônicos 24h, Caixas eletrônicos da CAIXA, casas lotéricas, no aplicativo ou portal da CAIXA para conferir se o pagamento foi realizado.

Aplicativo Bolsa Família – O Governo Federal recentemente lançou mais uma plataforma de consulta ao Bolsa Família. Devido ao acesso cada vez maior das pessoas à Internet e apps, foi criado o aplicativo exclusivo para o Bolsa Família. O objetivo principal do aplicativo, é ajudar os cidadão a consultarem de forma rápida e prática suas parcelas do Programa e todas informações do mesmo e sua família.

Portanto, o usuário do Programa não terá mais a necessidade de ligar, ou ir em agencias bancárias ou lotéricas para consultar o saldo do Bolsa Família. Ele terá tudo em mãos através no aplicativo.

Como solicitar outro Cartão do Bolsa Família?

Para solicitar outro cartão do seu benefício caso tenha perdido ou sido roubado, basta ligar para o número de atendimento Caixa ao Cidadão no 0800 726 0207 e solicitar um novo. O prazo de entrega é em torno de 30 a 45 dias. Para sacar o benefício neste caso, enquanto estiver sem o cartão  é preciso ir em uma agência da Caixa com documento de identidade (RG, Carteira de Habilitação, Carteira de Trabalho e etc.).

Como baixar o aplicativo do Bolsa Família?

O aplicativo já está disponível em várias plataformas para Android e IOS nas lojas Google Play e Play Store. Para baixar o aplicativo basta clicar em um dos links que estamos disponibilizando e depois instalar em seu celular.

Após instalado o app do Bolsa Família em seu smartphone, abra, e será pedido seu número do CPF ou NIS. Insira os dados e consulte.

aplicativo bolsa família aplicativo bolsa família

Além da consulta, o aplicativo do Bolsa Família possui informações sobre os dados do cidadão, se o usuário foi aprovado no programa,  notificações sobre ou atualizações no seu cadastro. O usuário além de saber se tem saldo disponível, poderá ser comunicado com antecedência se há problemas em seu cadastro. Para realizar a atualização, o usuário poderá ir ao local de cadastro do Bolsa Família do seu município e atualizar seu cadastro, evitando assim que seu benefício seja bloqueado ou cancelado.

Por que meu benefício foi bloqueado, cancelado ou suspenso?

Muitos já tiveram o benefício bloqueado, suspenso ou até mesmo cancelado.  A depender do caso, o desbloqueio é simples e rápido.

Quando ocorrer o bloqueio, suspensão ou bloqueio do seu benefício, verifique primeiramente seus extratos retirados na CAIXA ou Lotéricas, ou em seu aplicativos se nos meses anteriores houve alguma notificação do Programa , quer para atualizar seu cadastro, ou se foi solicitado alguma informação por parte do Governo para o cadastro. Mesmo que não haja comunicação, dirija-se ao local do seu município que faz o cadastro e gestão do Bolsa Família em sua região para conferir o que houve com seu cadastro.

Em alguns casos a pessoa volta a receber o benefício normalmente, geralmente em casos de cadastro que necessitava atualização.

As situações que ocorrem bloqueio, suspensão ou cancelamento são estas:

  • Infringir alguma regra do programa ( se o cidadão está incluído nos critérios do Governo para recebimento do benefício);
  • Não sacar o benefício por mais de 03 meses;
  • Cadastro desatualizado por mais de 02 anos;

Resumo do Bolsa Família – Infonográfico

infonográfico bolsa família

 

Canais de atendimento do Bolsa Família

Caso ainda tenha dúvidas sobre cadastro e demais questionamentos do Programa, o Governo Federal disponibiliza vários canais de atendimento para o cidadão. Veja todas elas:

Consulta se o benefício foi liberado – Após o cadastro o cidadão pode verificar se seu benefício foi aprovado pelo número 0800 7070 2003. A consulta do benefício também poderá ser realizada pelo portal da CAIXA aqui  ou pelo aplicativo do Bolsa Família.

Telefone – Atendimento Caixa Cidadão – 0800 726 07 – O horário de atendimento é das 07:00 às 20:00

Consulta Cartão Bolsa Família – Para saber se seu cartão foi liberado e está a caminho do seu endereço, é só ligar para 0800 726 0207.

Consulta Cadastro Único – CadUnico – Para verificar seu cadastro no CadÚnico, acesso o portal Consulta Cidadão aqui ou consulte via aplicativo.